19.9 C
São Gonçalo
domingo, julho 21, 2024

Guarda Municipal de Niterói encontra filhotes de Jacaré no Parque Orla Piratininga

13 filhotes foram encontrados pela Guarda Municipal

Guarda Municipal de Niterói Encontra 13 Filhotes de Jacaré no Parque Orla Piratininga
Guarda Municipal de Niterói Encontra 13 Filhotes de Jacaré no Parque Orla Piratininga
É a primeira vez desde a implantação do Parque que os guardas ambientais encontram tantos filhotes de uma vez (Foto: Divulgação/Ascom)

Na última terça-feira (11), durante uma fiscalização de rotina, agentes da Coordenadoria de Meio Ambiente da Guarda Municipal de Niterói se depararam com uma cena inusitada: 13 filhotes de jacaré foram encontrados no Parque Orla Piratininga Alfredo Sirkis (POP), na Região Oceânica de Niterói. O local, identificado por biólogos durante as obras do parque, foi adaptado para garantir a segurança dos visitantes e dos animais.

É a primeira vez, desde a implantação do Parque, que um número tão grande de filhotes é encontrado. Um dos jacarés adultos, apelidado de Lacoste pelos frequentadores, foi visto cuidando dos filhotes ao lado da suposta fêmea.

Os guardas ambientais Jandair dos Santos Alves e Thiago de Souza Ferreira notaram uma movimentação diferente no berçário dos jacarés, onde os filhotes se protegem nas raízes das plantas macrófitas. Os jacarés fêmeas podem colocar até 40 ovos por vez, mas nem todos sobrevivem, pois alguns nascem prematuros e são presas fáceis para predadores como abutres. A área é rica em girinos, que servem de alimento para os jovens jacarés.

“Já resgatamos jacarés fora do berçário antes, mas nunca vimos tantos filhotes juntos. Contamos 13, mas não conseguimos nos aproximar muito. É bonito ver a fauna se reproduzindo neste santuário”, afirmou Jandair, guarda com mais de 15 anos de experiência.



continua depois da publicidade



Thiago de Souza Ferreira destacou a importância da preservação e alertou os visitantes para não ultrapassarem os limites de segurança e não alimentarem os animais. “A prefeitura já colocou placas e fazemos patrulhamentos diários, mas é crucial que as pessoas respeitem as regras para garantir a segurança de todos”, disse.

Os filhotes foram encontrados próximos ao canal e aos jardins filtrantes do Parque Orla Piratininga, que purificam a água das chuvas e das bacias hidrográficas, devolvendo-a limpa para a Lagoa de Piratininga.

“Estamos criando uma reserva natural para proteger o processo de nascimento e reprodução dos animais. Não interferimos no ciclo natural, apenas identificamos e preservamos o local”, explicou a bióloga Andrea Maia.

A bióloga Heloísa Osanai destacou que a preservação do ambiente é fundamental para o aumento da população de jacarés no parque. “Nunca houve registro de ataques porque eles têm alimento suficiente na área. É essencial que não sejam alimentados pelos visitantes para não desequilibrar a cadeia alimentar”, ressaltou.

Os jacarés encontrados no parque são da espécie Caiman latirostris, conhecidos como jacaré-de-papo-amarelo. Eles habitam margens de rios, brejos, mangues, riachos, lagos e lagoas, e se alimentam de uma variedade de presas, incluindo mamíferos, peixes, aves, répteis, crustáceos, insetos e moluscos. Podem ser encontrados em diversos países da América do Sul e em várias regiões do Brasil, com expectativa de vida de cerca de 50 anos.

O Parque Orla Piratininga continua a ser um exemplo de conservação e preservação ambiental, proporcionando um habitat seguro para a fauna local e uma experiência educativa para seus visitantes.

Matérias Relacionadas

plugins premium WordPress