15.9 C
São Gonçalo
quarta-feira, julho 6, 2022

Gonçalense marca e dá título da Champions League ao Real Madrid

Desde 2017 que um brasileiro não marcava gol em final da competição

Leia Mais

Filho mais ilustre da cidade no cenário futebolístico na atualidade, São Gonçalo está em festa com o gol marcado por Vinícius Júnior neste sábado (28), na decisão da Champions League, no Stade de France, em Saint-Denis.

Ex-morador do bairro Mutuá, onde era aluno em uma escolinha do Flamengo, o camisa 20 do time espanhol ajudou a equipe a conquistar, pela 14ª vez na história, o título da Champions League. Com a conquista, a equipe se isola ainda mais como maior campeã continental, tendo o dobro do segundo maior vencedor, o Milan, que tem 7 troféus. O Liverpool, rival derrotado, tem 6.

Antes de a bola rolar, o jogo foi atrasado em mais de 30 minutos, por confusões causadas do lado de fora do estádio, com torcedores das duas equipes tentando invadir o local sem ingresso.

Com a partida iniciada, o Liverpool foi quem teve as melhores chances no primeiro tempo, mas quando Courtois não conseguiu defender, a trave impediu o gol de Mané. Mas o lance de mais destaque (e polêmica) no primeiro tempo foi em favor dos espanhóis. Benzema foi lançado na área, driblou Robertson e se atrapalhou na hora de finalizar. Após bate e rebate, Valverde disputou com Fabinho e Konaté e a bola sobrou com o camisa 9, que bateu de canhota e marcou. O lance foi anulado após longa conferência ao VAR em decorrência do impedimento de Benzema.

Se o gol no fim da primeira etapa não valeu, o do início do segundo valeu. E muito. Valverde avançou pela direita e mandou para a área. Vini Jr. se antecipou aos marcadores e aos 13 minutos, mandou para o fundo do gol.

A desvantagem fez o Liverpool ir para cima. E começou um grande duelo entre Salah e Courtois. O egípcio tentou algumas vezes, duas delas cara a cara, mas o goleiraço belga estava lá para evitar o empate e garantir o 14º título de Champions League para o Real Madrid.

Apito final e o título é histórico para alguns personagens do Real Madrid, como Marcelo, Modric, Casemiro, Kroos e Benzema, campeões europeus pela quinta vez na história, o técnico Carlo Ancelotti, que levanta a quarta taça como comandante (ele ainda tem mais uma como jogador). Mas é ainda mais especial para Vini Jr., que com o gol decisivo, escreve de vez seu nome na história do time mais vencedor da competição.

Notícias Relacionadas

LEAVE A REPLY

Please enter your comment!
Please enter your name here

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.

Últimas Notícias