28.9 C
São Gonçalo
sábado, novembro 28, 2020
Publicidade
Publicidade
Publicidade"
Publicidade

Fies: alunos não matriculados têm até hoje para se inscrever a vagas

Leia Mais

No último dia de campanha, Capitão Nelson (Avante) agradece ao apoio dos gonçalenses

Na vésperas do segundo turno, Capitão Nelson (Avante), candidato à prefeitura de São Gonçalo, se reuniu com lideranças religiosas na manhã deste sábado (28)....

Dimas encerra campanha do 2º turno com 6 carreatas simultâneas ao lado do vice Marlos Costa 

O último dia de campanha de Dimas Gadelha(PT) à prefeitura de São Gonçalo, foi marcado por muita animação por onde passou nas diversas carreatas...

Por trás da Ponte inspira Mostra em Niterói

A Mostra Digital veio para fomentar a arte através do circo, e também de outras expressões artísticas, além de promover a cultura para pessoas...

Mike Tyson volta aos ringues para encarar Roy Jones Jr. 

Tyson, de 54 anos, vai lutar novamente após ficar cerca de 15 anos afastado dos ringues. O lendário lutador enfrentará Roy Jones em um evento...

Estudantes não matriculados em instituição de educação superior têm até hoje (3) para se inscrever às vagas remanescentes do Fundo de Financiamento Estudantil (Fies) para o segundo semestre de 2020. Já para os que estão matriculados em curso, turno e instituição para o qual desejam se inscrever para obter o financiamento, o prazo termina em 27 de novembro.

As inscrições são realizadas pela internet na página do Fies.

As vagas remanescentes são aquelas que não foram ocupadas no decorrer do processo seletivo regular, por desistência dos candidatos pré-selecionados ou falta de documentação na contratação do financiamento, por exemplo. Nessa etapa, estão sendo ofertadas 50 mil vagas em 4.213 cursos de 881 instituições privadas de educação superior do país.

O processo de ocupação das vagas remanescentes é diferente dos processos regulares de seleção do Fies e ocorrerá de acordo com a ordem de conclusão das inscrições. Por essa razão, o Ministério da Educação alerta que o candidato que precisar alterar alguma informação na inscrição já concluída no sistema deve ficar atento porque terá que cancelá-la para depois realizar nova inscrição. Dessa forma, a mesma vaga escolhida anteriormente poderá ser ocupada por outro candidato que tiver concluído a inscrição antes.

Para se inscrever, é necessário ter participado de uma das edições do Exame Nacional do Ensino Médio (Enem), a partir de 2010, ter obtido no mínimo 450 pontos na média das cinco provas do exame e não ter zerado a prova de redação. O interessado precisa ainda ter renda mensal bruta de até três salários mínimos por pessoa da família.

As vagas remanescentes do Fies também podem ser ocupadas por quem já estuda com bolsa parcial (50%) do Prouni e deseja financiar a outra metade da mensalidade do seu curso com subsídios do governo. Eles também terão até o dia 27 de novembro para disputar a vaga desejada.

Validação

Após a inscrição concluída, o candidato terá dois dias úteis para validar as informações declaradas no ato da inscrição, diretamente na Comissão Permanente de Supervisão e Acompanhamento (CPSA) da instituição escolhida. A documentação pode ser apresentada em formato digital, desde que a instituição ofereça essa forma de atendimento.

Cada instituição tem uma CPSA responsável pelo recebimento e pela análise da documentação exigida para a emissão do Documento de Regularidade de Inscrição (DRI), necessário para formalizar a contratação do financiamento.

Após a emissão do DRI, o estudante terá dez dias, contados a partir do terceiro dia útil, imediatamente, subsequente ao da emissão do referido documento, para entregar a documentação exigida para fins de contratação e validar as informações junto ao banco.

O Fies é o programa do governo federal que tem o objetivo de facilitar o acesso ao crédito para financiamento de cursos de ensino superior oferecidos por instituições privadas. Criado em 1999, ele é ofertado em duas modalidades desde 2018, por meio do Fies e do Programa de Financiamento Estudantil (P-Fies).

O primeiro é operado pelo governo federal, sem incidência de juros, para estudantes que têm renda familiar de até três salários mínimos por pessoa; o percentual máximo do valor do curso financiado é definido de acordo com a renda familiar e os encargos educacionais são cobrados pelas instituições de ensino.

Já o P-Fies funciona com recursos dos fundos constitucionais e dos bancos privados participantes, o que implica cobrança de juros.

Powered by Rock Convert

Notícias Relacionadas

DEIXE O SEU COMENTÁRIO

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.

Últimas Notícias

Homem é preso após tentar comprar maconha e receber tijolos: “Não existe mais traficante honesto”

As Polícias Civil e Militar de Minas Gerais efetuaram a prisão de um traficante na quinta-feira, 26, após interceptar o que seria uma transação...

Após briga entre peões de ‘A Fazenda’, assessoria de Jake se pronuncia

Na festa do reality ‘A Fazenda’, nesta sexta-feira (27), a briga entre Jakelyne, Tays e Biel balançou a internet. No fim da noite, Tays e...

Dois funcionários de hipermercado em São Gonçalo são indiciados por racismo

Três meses após praticarem o crime de racismo, um gerente e um segurança de um hipermercado, em São Gonçalo, foram indiciados pela Delegacia de...

Maricá terá festa de fim de ano sem queima de fogos

Para evitar aglomerações por conta da pandemia da Covid-19, a Prefeitura de Maricá decidiu que as festas de fim de ano serão realizadas de...

Copa São Paulo de Futebol Júnior de 2021 é cancelada

A Federação Paulista de Futebol (FPF) bateu o martelo e decidiu não realizar a tradicional Copa São Paulo de Futebol Júnior na próxima temporada...