24 C
São Gonçalo
segunda-feira, novembro 23, 2020
Publicidade
Publicidade
Publicidade"
Publicidade

Família procura por Zico, cãozinho roubado por criminosos em Maricá

Leia Mais

Ômega 3 e os efeitos sobre a saúde do coração

Hoje vamos falar sobre os ácidos graxos ômega-3, que têm sido associados a um risco reduzido de doenças cardíacas. Os níveis baixos demonstraram maiores riscos...

Dois baleados durante troca de tiros na BR-101

Dois criminosos foram baleados durante troca de tiros com policiais do 7BPM (São Gonçalo) na Rodovia Niterói-Manilha (BR-101), altura do Porto Velho, em São...

Dois baleados após tentativa de arrastão na RJ-106, no Arsenal

Dois homens foram baleados, na noite desta segunda-feira (23), durante confronto com policiais 7BPM (São Gonçalo) na RJ-106, altura do Arsenal, em São Gonçalo. PMs...

Black Fraude: Procon-Rj disponibiliza lista com 200 sites fraudulentos

Na semana da Black Friday, o Procon-RJ divulgou uma lista com 200 sites que devem ser evitados pelos consumidores na hora de ir às...

“Devolvam-me o Zico. É meu companheiro e amigo há três anos”.

O apelo desesperado é da doméstica Alda Soares dos Santos, de 60 anos, moradora do bairro Rincão Mimoso, em Itaipuaçu, Maricá. Além de passar pelo trauma de ter a casa invadida por criminosos, a doméstica tem que conviver com a ausência do cãozinho Zico, da raça buldogue francês, levado pelos assaltantes no dia 23 de outubro.

“Minha vida acabou. Eu tenho três cães, a Maya, a Flora e o Zico. Mas a paixão da minha vida é o Zico”, disse emocionada.

O crime ocorreu no dia 23 do mês passado, quando Alda recebeu uma ligação de um vizinho que viu o portão da casa aberto. “Ele me ligou às 13h e falou que meu portão estava aberto desde a parte da manhã. Falei com minha patroa e fui para casa. Quando cheguei aqui, vi apenas a Flora e Maya. Dei logo falta do Zico. Meu coração apertou”, recorda.

“Me roubaram também dois televisores, mas isso eu recupero e compro depois. Mas e o amor da minha vida? Como vou recuperar?”, questiona.

O professor Cristiano dos Santos Montenegro, de 41 anos, filho mais velho de Alda, lembra que uniu duas paixões ao batizar o seu cãozinho de estimação.

“O meu amor pelo Flamengo e gratidão ao nosso camisa 10 me fez dar esse nome aí ao nosso cãozinho. Tenho certeza de que vamos encontrá-lo”, conclui visivelmente abalado.

A vítima fez boletim de ocorrência e aguarda pelas investigações. Qualquer informação sobre o paradeiro do Zico, basta ligar para o número 96439-4508 e falar com Cristiano.

Powered by Rock Convert

Notícias Relacionadas

DEIXE O SEU COMENTÁRIO

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.

Últimas Notícias

Quatro presos com arma e drogas no Sacramento

Quatro homens foram presos com armas e drogas durante uma ação de policiais do 7ºBPM (São Gonçalo), no Sacramento, na tarde desta segunda-feira (23). Os...

Menina em tratamento de leucemia no Hospital da Criança deseja ser médica para tratar dos pequenos

O sonho é ser médica e tratar de crianças com câncer, devolvendo todo carinho que hoje recebe no Hospital Estadual da Criança (HEC), em...

Maricá realiza investimentos em tecnologia para a saúde

Maricá dará um passo importante em direção ao desenvolvimento científico, com a assinatura de um contrato de Encomenda Tecnológica (ETec) para a produção de...

Maricá: Bambuí e Cordeirinho ganham passarela de pedestres sobre o canal

Os bairros de Bambuí e Cordeirinho passaram a contar com uma passarela de pedestres que liga as duas margens do canal que corta a...

Nego do Borel doa duas toneladas de alimentos em ação social realizada por irmã de Neymar

Rafaella Santos, irmã do jogador Neymar, abriu as portas de sua casa em São Paulo para receber alguns artistas em ação beneficente. O evento chamado...