25.5 C
São Gonçalo
domingo, outubro 25, 2020

EXCLUSIVO! Comerciante é suspeito de matar cachorro a tiros no Fonseca

Leia Mais

Mãe é acusada de torturar o próprio filho em Itaboraí

Policiais da 71°DP (Itaboraí) conseguiram prender, neste sábado, uma mulher acusada de torturar e queimar o próprio filho, 3 de anos, em Itaboraí. O menino...

Flamengo busca liderança contra o Internacional no Beira-Rio

Na 18ª rodada do Brasileiro, os principais holofotes estarão apontados para o duelo entre Internacional e Flamengo, a ser realizado neste domingo (25/10), a...

Fluminense recebe o Santos de olho no G4

Fluminense e Santos se enfrentam neste domingo (25/10), às 16h, no Maracanã, pela 18ª rodada do Campeonato Brasileiro. Atualmente na zona de classificação à Pré-Libertadores,...

A Fazenda 2020: Jojo Todynho fica pelada na casa

Por iG Gente Jojo Todynho correu como veio ao mundo na sede de " A Fazenda 2020 ". O momento aconteceu logo após a festa, da...

Proprietário de uma hamburgueria no Fonseca, Zona Norte de Niterói, comerciante é apontado como o principal suspeito de torturar e matar a tiros o cachorrinho conhecido como ‘Segurança’. O crime aconteceu na madrugada da última sexta-feira (16/10) na esquina entre a Travessa Luis Matos e a Rua Ribeiro, também no Fonseca.

Conduzido à 78ªDP (Fonseca), o comerciante confirmou que matou o cachorro por acreditar que o animal estava doente e sofrendo. No entanto, segundo denúncias encaminhadas à polícia, ele teria cometido o crime por achar que o cãozinho estava atrapalhando seu comércio. Nas redes sociais, ele alega que chegou a acolher o ‘Segurança’ em sua residência durante o período.

A Polícia Civil agora busca imagens de câmeras de segurança para tentar elucidar o crime. Testemunhas também vão prestar depoimento. O comerciante pode responder por porte ilegal de arma e maus-tratos aos animais.

Querido pelos moradores do bairro, Segurança era um cão dócil, gostava de brincar e correr atrás dos motoqueiros. Segurança, como o próprio nome diz, dava proteção ao bairro e toda vizinhança gostava dele.

Lei aumenta pena para maus-tratos a cães e gatos

O presidente Jair Bolsonaro sancionou no dia 29 de setembro, em cerimônia no Palácio do Planalto, em Brasília, a lei que aumenta as penas para quem maltratar cães e gatos. Agora, este crime passa a ser punido com prisão de dois a cinco anos, multa e proibição da guarda, a novidade do projeto. Antes, a pena era de detenção de três meses a um ano, além de multa.

A pena de reclusão da nova lei prevê cumprimento em estabelecimentos mais rígidos, como presídios de segurança média ou máxima. O regime de cumprimento de reclusão pode ser fechado, semiaberto ou aberto.

Powered by Rock Convert
Powered by Rock Convert

Notícias Relacionadas

DEIXE O SEU COMENTÁRIO

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.

Últimas Notícias

Peça teatral ‘As bodas de Rapunzel’ será apresentada online neste sábado

No sábado (24/10), a Secretaria Municipal de Turismo e Cultura (SMTC) e a Fundação de Artes, Esportes e Lazer de São Gonçalo (FAESG) vão...

Chargista de Niterói cria nova capa para edição e-book do livro Pelé

Coube ao chargista e caricaturista Dan, de 49 anos, niteroiense da Engenhoca, ilustrar a nova capa para edição e-book do livro Pelé, lançado pela...

Policial militar é preso suspeito de matar jornalista e pré-candidato a vereador em Araruama

Um policial militar foi preso na manhã deste sábado (24), por policiais da 118ª DP (Araruama), com apoio das 124ª DP (Saquarema) e 129ª...

Maricá: Defesa Civil prepara esquema para o verão

Ainda faltam dois meses para o verão, mas a estação mais aguardada do ano já é objeto de planejamento para a Defesa Civil de...

Quatro presos após roubo de carro em Itaboraí

Quatro homens foram presos na madrugada deste sábado (24), após roubar um veículo na Aldeia da Prata, em Itaboraí. Segundo a PM, uma equipe do...
Você não pode copiar o conteúdo deste site