24 C
São Gonçalo
segunda-feira, novembro 23, 2020
Publicidade
Publicidade
Publicidade"
Publicidade

Clínicas de Niterói e São Gonçalo fecham parceria com o primeiro marketplace de vacinas em domicílio

Leia Mais

Dois baleados após tentativa de arrastão na RJ-106, no Arsenal

Dois homens foram baleados, na noite desta segunda-feira (23), durante confronto com policiais 7BPM (São Gonçalo) na RJ-106, altura do Arsenal, em São Gonçalo. PMs...

Black Fraude: Procon-Rj disponibiliza lista com 200 sites fraudulentos

Na semana da Black Friday, o Procon-RJ divulgou uma lista com 200 sites que devem ser evitados pelos consumidores na hora de ir às...

São Gonçalo registra cinco óbitos por Covid-19 nesta segunda-feira (23)

De acordo com o boletim atualizado da Secretaria Municipal de Saúde, a cidade de São Gonçalo registrou cinco óbitos em decorrência do novo Coronavírus...

Quatro presos com arma e drogas no Sacramento

Quatro homens foram presos com armas e drogas durante uma ação de policiais do 7ºBPM (São Gonçalo), no Sacramento, na tarde desta segunda-feira (23). Os...

O isolamento social para combater a pandemia de coronavírus fez muitas pessoas optarem por serviços disponibilizados por telefone e pela internet para evitar ir à rua. Inspirada num aplicativo de serviços de delivery de comidas, uma startup trouxe como solução para esse público um serviço até então inédito no Brasil, um marketplace de vacinas em domicílio usado através do aplicativo Vacine.me. Desenvolvido no Brasil, a proposta do aplicativo é justamente oferecer aos usuários uma ferramenta que disponibilize todos os tipos, marcas e preços de vacinas, para que seus usuários possam comparar e agendar a aplicação com a clínica que melhor atender seus critérios de decisão, seja ele preço ou marca (os mais comuns), com total segurança e sem taxas no conforto de casa.

De acordo com o Ministério da Saúde, em meio à pandemia de Covid-19, a procura por serviços de saúde diminuiu devido ao medo da população de contrair o coronavírus. Nesse contexto, manter o calendário de vacinas em dia tornou-se um desafio que vem sendo enfrentado com campanhas de conscientização sobre o tema. Pela primeira vez em quase 20 anos, o Brasil não atingiu a meta para nenhuma das principais vacinas indicadas a crianças de até um ano completo.

“A ferramenta nasceu na hora certa porque devido ao isolamento social causado pela pandemia existe hoje uma grande demanda reprimida que poderá ser suprida pela rede de clínicas particulares presentes no aplicativo, que já conta com mais de 40 clínicas de vacinação nas cidades do Rio de Janeiro, Niterói, São Gonçalo, Itaboraí, Maricá, Duque de Caxias, algumas de São Paulo, como a capital e Osasco e em breve estará em Minas Gerais, Goiás e Brasília. A ideia é estar presente em todo o país até o final deste ano”, diz Cristiano Caldas, sócio e diretor comercial da empresa.

Além de pedir vacinas em casa, o Vacine.me disponibiliza também uma ferramenta para montar carteirinhas de vacinação virtuais para o usuário e seus dependentes de forma muito simples. O usuário pode optar por preencher a carteira de vacinação manualmente, inserindo vacinas já tomadas e suas respectivas datas, ou por enviar uma foto da carteira atual impressa pelo próprio aplicativo que ela é montada em até dois dias úteis pela equipe do Vacine.me.

“Desenvolvemos este recurso porque acreditamos ser muito útil para pessoas de todas as idades, em especial para mães com crianças de 0 a 6 anos, que tem um calendário mais intenso de vacinação, mas também para os adultos que muitas vezes não sabem que vacina tomar e quando”, comenta Cristiano Caldas, que aproveita para fazer um alerta: “Quem tiver com receio de colocar as vacinas em dia nos postos de saúde, podem utilizar o Vacine.me para agendar a aplicação da vacina em casa, o importante é não deixar de se vacinar, em especial as crianças”.

O app oferece imunização para todas as faixas etárias: gestantes, bebês, crianças, adolescentes, adultos e idosos. No Vacine.me você encontra vacinas contra Poliomielite, Difteria, Tétano, Coqueluche Meningite, HPV Bivalente, Meningocócica ACWY e B, Pneumocócica 13 e 23, Rotavírus, Gripe, Hepatite A e B, BCG, HPV, Sarampo, Cachumba, Rubéola, Catapora, Febre Amarela, Herpes Zóster, entre muitas outras que muitas pessoas nem sabem que existe, como é o caso da vacina contra dengue por exemplo.

Disponível na Google Play e App Store, o aplicativo é gratuito e bem simples de usar, funciona assim: o usuário insere o endereço onde quer receber a aplicação da vacina, seleciona a(s) vacina(s) que deseja e vai aparecer mais de uma clínica dependendo da sua localização, seleciona a clínica, agenda melhor data e hora e pronto!

“Não é sempre que temos um job tão completo assim. Considero um projeto promissor, sobretudo pelo seu caráter inovador. Tem tudo para deslanchar em pouco tempo e se transformar numa startup unicórnio”, diz orgulhosa Sabrina Brito, CEO da Simples Agência, responsável pelo desenvolvimento do aplicativo mobile e toda sua estratégia de marketing”

 

Powered by Rock Convert

Notícias Relacionadas

DEIXE O SEU COMENTÁRIO

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.

Últimas Notícias

Maricá realiza investimentos em tecnologia para a saúde

Maricá dará um passo importante em direção ao desenvolvimento científico, com a assinatura de um contrato de Encomenda Tecnológica (ETec) para a produção de...

Maricá: Bambuí e Cordeirinho ganham passarela de pedestres sobre o canal

Os bairros de Bambuí e Cordeirinho passaram a contar com uma passarela de pedestres que liga as duas margens do canal que corta a...

Nego do Borel doa duas toneladas de alimentos em ação social realizada por irmã de Neymar

Rafaella Santos, irmã do jogador Neymar, abriu as portas de sua casa em São Paulo para receber alguns artistas em ação beneficente. O evento chamado...

Covid: São Gonçalo abre novos leitos após anunciar medidas mais restritivas

Seguindo orientações técnicas da Vigilância Epidemiológica, a Prefeitura de São Gonçalo mantém até a próxima sexta-feira (27) as medidas de restrição e isolamento social,...

Flordelis gasta R$ 93 mil de verba pública em redes sociais sem conteúdo 

A deputada Flordelis (PSD) repassou R$ 93 mil para a empresa G3 Propaganda para gerenciar redes sociais não oficiais sem seguidores e apenas três...