25.1 C
São Gonçalo
terça-feira, setembro 28, 2021

Atleta de Maricá se classifica para a próxima fase do tiro com arco nas Olimpíadas

O maricaense ficou na 40ª posição ao somar 651 pontos

Leia Mais

Aposentado trabalha há 5 anos como gari recolhendo lixo jogado por motoristas na BR-101, em SG

Morador da Favela do Pica-Pau, no Porto Velho, em São Gonçalo, o aposentado Messias Ramos de Marins, de 53 anos, passa suas manhãs realizando...

Governador Cláudio Castro recebe segunda dose da vacina contra a Covid-19

O governador Cláudio Castro recebeu a segunda dose da vacina contra a Covid-19, na manhã desta terça-feira (28), no quartel do 17º Grupamento de...

Dupla é presa após roubar cavalos na BR-101

Dois homens foram presos, nesta terça-feira (28), após roubarem dois cavalos de um curral às margens da BR-101, no bairro Pinhão, em Tanguá. Segundo a...

Buraco causa transtorno em Santa Catarina, São Gonçalo

Após receber reclamações de moradores, uma equipe de reportagem do LADO DE CÁ esteve na manhã desta terça-feira (28) na Rua Doutor Jurumenha, em...

Mesmo exposto ao vento e ao forte calor, o arqueiro brasileiro Marcus D’almeida conquistou na madrugada desta sexta-feira (23) classificação para a fase de combate na Olimpíada de Tóquio (Japão). O atleta ficou na 40ª posição ao somar 651 pontos. A disputa ocorrreu no Campo de Tiro com Arco de Yumenoshima, na capital Tóquio. Com este resultado, Marcus enfrentará o britânico Patrick Houston (25º) na próxima quinta-feira (29), às 4h (horário de Brasília).

Apesar de seguirem em frente individualmente, os brasileiros não avançaram para a disputa de equipes mistas. A soma das pontuações individuais, com 1287 pontos, não foi o suficiente para a classificação. A última equipe que avançou foi Bangladesh, na 16ª posição, atingindo 1277 pontos. Já Marcus e Ane terminaram na 20ª colocação.Os brasileiros não se classificaram para a disputa em duplas. Ao site do Comitê Olímpico do Brasil (COB), Marcus D’almeida analisou o desempenho desta sexta (23).

“É descansar e trabalhar. A Ane não foi tudo que a gente estava esperando, e eu também não. Hoje nenhuma flecha minha tocou na linha, não pegava. Eu não tive muitos tiros longe, nenhum que eu errei completamente. Então, acredito muito em fator vento, mas lógico que também tem eu porque todo mundo estava com vento”, disse o atleta..

Mais cedo, foi a vez da brasileira Ane Marcelle atirar. Ela também se classificou para a fase de combate, alcançando a 33ª colocação, com 636 pontos. A arqueira carioca competirá com a mexicana Ana Vasquez (32ª) na terça (27) que vem, às 5h57 (horário de Brasília).

Notícias Relacionadas

DEIXE O SEU COMENTÁRIO

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.

Últimas Notícias

São Gonçalo oferece aulas de taekwondo

A Secretaria de Esporte e Lazer (Semel) segue promovendo a realização de atividades esportivas em diversos bairros do município, implementando, nos primeiros seis meses,...

Um baleado e outro preso no Complexo do Salgueiro

Um homem foi baleado e outro preso em ação da Polícia Civil na Rua José Francisco Corrêa, bairro de Itaúna, Complexo do Salgueiro, em...

Praga do Rio chega ao interior: furto de cabos e equipamentos

A rotina criminosa de furtos de cabos e equipamentos que assola a capital do estado - com vários sinais de trânsito inoperantes e afetando...

Moradores jogam lixo na rua por falta de caçamba no Largo do Barradas em Niterói

Mau cheiro, baratas, moscas, ratos e uma quantidade de lixo fazem parte do cotidiano dos moradores da Rua Reverendo João Corrêa D'Avila, no Largo...

Donos de veículos com placas finais 1 e 2 têm até quinta (30) para regularização

O licenciamento anual de veículos para carros com placas finais 1 e 2 termina na próxima quinta-feira (3). Os proprietários precisam pagar a Guia...